Category: Rock

Dificil Poema De Amor: Luiza Neto Jorge

5 thoughts on “ Dificil Poema De Amor: Luiza Neto Jorge

  1. Dec 30,  · Luiza Neto Jorge na varanda da sua casa na Rua da Misericórdia. O poema ensina a cair/sobre os vários solos/desde perder o chão repentino sob os pés/como se perde os sentidos numa queda de.
  2. De Luiza Neto Jorge CORPO INSURRECTO e outros poemas Organização Floriano Martins Ilustrações Valdiney Souza Suzart São Paulo: Escrituras, p. (Coleção Ponte Velha_ ISBN E DO ESPANTO II consagraram-me ao espanto que de minúsculo há no mar e ímpar sobre a pele. criança circuncidada a foto e morte.
  3. "Multipliquei-me, para me sentir, Para me sentir, precisei sentir tudo. Transbordei-me, não fiz senão extravasar-me."Fernando Pessoa- Álvaro de Campos.
  4. Difícil Poema de Amor. Separo-me de ti nos solstícios de verão, diante da mesa do juiz supremo dos amantes. Para que os juízes me possam julgar, conhecerão primeiro o amor desonesto infinito feito de marés ambulantes de espinhos nas pálpebras onde as ruas são os pontos únicos.
  5. O sofrimento amoroso parece ter similaridades para todos nós. Independentemente de classe social, de gênero, de sexualidade, de nacionalidade, de etnia,.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *